sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Sinjac realizará o Censo 2017 no mês de outubro

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Acre (Sinjac) durante todo o mês de outubro estará realizando o Censo 2017.

O objetivo da entidade é fazer o levantamento nos veículos de comunicação e atualizar os dados dos profissionais que já atuam na área, e dos recém chegados nos meios de comunicação. O presidente, Victor Augusto N. de Farias, fala que é necessário o levantamento para dá seguimento a outra atividade que a entidade colocará em pratica.

“O último censo foi realizado logo que assumimos a direção do sindicato e faremos nova atualização dos profissionais que estão atuando no mercado de trabalho e os novos colegas que saíram da faculdade. Após esse levantamento, daremos início a campanha de valorização profissional, pois estamos tentando inibir as irregularidades de pessoas de outras áreas em nosso meio. Não faremos mais a política de boa vizinhança e passaremos a endurecer com processo de exercício ilegal da profissão, mesmo os formados, pois para ser médico ou advogado é necessário a OAB e o CRM, e como jornalistas vamos passar a cobrar o registro profissional, seja na capital ou no interior do estado”, disse Victor.

Empresas e pessoas vem contratando profissionais que se apresentam como jornalistas e gerando problemas. Profissionais estão ficando fora do mercado por serem substituídos por pessoas sem a devida autorização para o exercício legal.

“Mesmo com a queda da obrigatoriedade do diploma de jornalista, se faz necessário penalizar pessoas que se apresentam como profissionais e causando penas a nossa sociedade, como é o caso do anuncio de suicídios, mortes por acidente entre outros”, destacou o presidente.


Art. 47. Exercer profissão ou atividade econômica ou anunciar que a exerce, sem preencher as condições a que por lei está subordinado o seu exercício:
Pena - prisão simples, de quinze dias a três meses, ou multa.

Débora Ribeiro - Diretora de Comunicação



O Âncora: A Lenda de Ron Burgundy

Anchorman: The Legend of Ron Burgundy, ou simplesmente Anchorman (O Âncora: A Lenda de Ron Burgundy (título no Brasil) ou O Repórter - A Lenda de Ron Burgundy (Titulo em Português) é um filme de comédia de 2004 dirigido por Adam McKay, produzido por Judd Apatow, estrelada por Will Ferrell, e escrito por McKay e Ferrell. O filme é feito em tom de gozação sobre a cultura da década de 1970, particularmente do novo formato Action News. Ela retrata uma estação de TV de San Diego, onde existe confrontos do personagem título de Ferrell com seu novo homólogo feminino. Este filme é o número 100 em 100 filmes mais engraçados do Bravo, número 6 no top 100 filmes de comédia de Time Out de todos os tempos e 113 das 500 Melhores Filmes de Todos os Tempos da Empire.

O filme fez US$28,4 milhões no seu fim de semana de abertura, e $90.6 milhões em todo o mundo em seu total no cinema. Um filme companheiro montado a partir de outtakes e subtramas abandonadas, intitulado Wake Up, Ron Burgundy: The Lost Movie, foi lançado direto para o DVD no final de 2004. A sequência, Anchorman 2: The Legend Continues, foi lançado em 18 de dezembro de 2013.


Correios realiza novo mutirão de entrega neste fim de semana

Neste sábado (30) de setembro  e domingo (1º) de outubro, os Correios realizarão, novamente, mutirões para colocar em dia a carga de objetos postais. Hoje (29), 84,42% dos empregados em todo o país (91.651) estão trabalhando normalmente.

Em todo o país, a rede de atendimento está aberta e todos os serviços, inclusive o SEDEX e o PAC, continuam disponíveis. Apenas os serviços com hora marcada (Sedex 10, Sedex 12, Sedex Hoje, Disque Coleta e Logística Reversa Domiciliária) estão suspensos.

Nesta quinta-feira (28), o Tribunal Superior do Trabalho determinou, em decisão liminar, que a greve dos trabalhadores dos Correios é abusiva. Diante disso, os Correios aguardam o retorno dos empregados aos seus postos de trabalho e adotarão as providências necessárias para ingressar com dissídio coletivo no TST.

Histórico da paralisação

No último dia 22, os Correios e a Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios (Findect) chegaram a uma proposta de Acordo Coletivo de Trabalho para o biênio 2017/2018, que contemplava reajuste de 3% nos salários e benefícios a partir do mês de janeiro de 2018 e manutenção do ACT 2016/2017. No entanto, na última terça-feira (26), trabalhadores ligados a essa federação decidiram aderir à paralisação que já havia sido iniciada por outros sindicatos.

A Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) iniciou a paralisação nas suas bases sindicais no dia 19, antes do fim das negociações.

​SETE PASSOS PARA IMPLANTAÇÃO DE UMA PASTAGEM PRODUTIVA

Ter um bom sistema de pastejo é essencial para fornecer aos animais alimento diário de forragem de boa qualidade com o objetivo de atender suas exigências nutricionais. A pastagem é um dos principais fatores que interferem na produção animal. Dessa forma, produtor, conheça as sete dicas para implantar uma pastagem produtiva e rentável com engenheiro agrônomo Robson Mengatti, coordenador de desenvolvimento tecnológico da Barenbrug.

1º  Análise do ambiente – Defina as características da área e ser plantada e identifique os fatores limitantes como regime pluviométrico, estrutura do solo, ocorrência de pragas e qualidade da mão-de-obra disponíveis.  Essas características são decisivas e podem levar ao insucesso caso não seja escolhida uma forrageira que se adeque a essas limitações.

2° Análise do solo – Faça uma amostragem criteriosa do solo da área a ser reformada. As glebas devem ser homogêneas (recomenda-se um tamanho máximo de 20 ha), de onde devem ser amostrados de 15 a 20 pontos. Deve-se evitar áreas próximas a malhadouros, cochos, bebedouros, formigueiros e demais pontos que não representem a situação média de fertilidade da área.  

3° Escolha da forrageira – Escolha a forrageira mais adaptada ao sistema e à região. De uma maneira geral, as plantas mais produtivas também são as mais exigentes em fertilidade e cuidados de manejo. O grupo das mais exigentes inclui a maioria dos panicuns, capins-elefante e os tiftons. O grupo intermediário inclui as braquiárias de uma forma geral e alguns panicuns, como o massai. Já o grupo menos exigente é formado pela braquiária decubens, as humidícolas e andropogon. 

4° Preparo do solo – Prepare o solo para receber a semente. As etapas e implementos utilizados são muito variáveis em função das condições do terreno e também deve-se levar em conta a disponibilidade de maquinário. Geralmente, recomenda-se que no momento do plantio o solo esteja corrigido, preparado mecanicamente e livre de restos vegetais. 

5° – Plantio – A forma como a semente vai chegar ao solo pode ser variável (semeadura aérea, em linha, a lanço ou manualmente), mas é muito importante que o produtor cubra as sementes após o plantio ou pelo menos faça o uso de um rolo compactador. Resultados experimentais mostram que a diferença de germinação entre sementes jogadas na superfície e enterradas a um cm de profundidade pode ser até três vezes superior para o segundo caso, passando de 23% para 70% de emergência.


6 – Monitoramento – Após o plantio, monitore frequentemente o pasto em relação ao ataque de pragas e infestação de daninhas principalmente. Caso  siga a dica anterior, de cobertura/compactação das sementes, em virtude da maior emergência de plântulas e cobertura de solo, esses problemas são significativamente minimizados, além de poder adiantar o pastejo em algumas semanas. Contudo, o monitoramento deve ser constante para evitar surpresas desagradáveis. Para confirmar que o pasto foi bem iniciado, deve constatar pelo menos de 10 a 20 plântulas no caso das braquiárias e 30 a 40 no caso dos panicuns.

7° – Primeiro pastejo – O momento do primeiro pastejo é o ponto final da formação do pasto. Nesta fase, como existe geralmente uma quantidade maior de plântulas do que realmente via ficar estabelecido na área, e as mesmas se encontram adensadas, competindo por recursos, a altura de entrada dos animais é ligeiramente superior ao recomendado no pasto estabelecido. Esta é uma avaliação subjetiva e difícil de estabelecer parâmetros claros, mas o produtor deve olhar a arquitetura das plantas. Quando as folhas de cima começam a se dobrar e o pasto deixa de ter o aspecto inicial de folhas “espetadas”, o produtor pode colocar os animais. Esse pastejo deve ser intenso (muitos animais) e por pouco período de tempo. O objetivo é fazer um desponte inicial, permitindo que entre luz na base da touceira e isso vai estimular o perfilhamento e melhor estruturação da planta.

Agora está pronto e na dúvida, consulte sempre um especialista. Boas produtividades!

Prefeituras de Brasiléia e Epitaciolândia Garantem Recuperação de Ramal que contempla os dois municípios

A Prefeitura de Brasileia em união com a Prefeitura de Epitaciolândia realizaram na quinta-feira, 28, uma reunião na associação do Porongaba. Também esteve presente a Deputada Estadual Leila Galvão, presidentes de associações e moradores das comunidades.

O objetivo da reunião foi garantir a melhoria do ramal que atende as comunidades da Esperança, Porongaba, São Sebastião e Riozinho.

Um total de 57 km de ramais beneficiados, sendo de fundamental importância para a trafegabilidade de alunos diariamente nas frotas escolares e escoamento da produção.

 “Estou muito feliz, pois temos uma grande afinidade e carinho muito grande por essa comunidade que nos acolheu com muito respeito e dedicação, sinceramente está hoje aqui acompanhada do Prefeito Tião Flores e da Prefeita Fernanda Hassem nos alegra ainda mais pelo tamanho da responsabilidade que os dois têm pelos seus respectivos municípios, há quatro anos essas comunidades ficaram desassistidas pelo poder público e agora vem recebendo essa parceria”, informou a Deputada Estadual Leila Galvão.

“Esta reunião hoje é muito importante para a comunidade, porque estamos necessitando do ramal e para que ele seja atendido é necessária a parceria das duas prefeituras e o mesmo ramal transporta alunos que no inverno sofrem. Estamos muito felizes com essa parceria e acreditamos que ocorrerá tudo certo e a comunidade agradece”, destacou o Presidente da Associação Porongaba, Chico Melo.
“Estamos hoje nessa comunidade em parceria com a prefeita Fernanda Hassem e nossa Deputada Leila Galvão, tirando a mesma do isolamento, numa parceria nunca vista, trabalhando em prol da comunidade sem olhar para lado politico”, disse o Prefeito de Epitaciolândia Tião Flores.

“Um momento muito importante para as quatro comunidades que são Esperança, Riozinho, Porongaba e São Sebastião, onde é a primeira vez que dois prefeitos vem a elas para planejar as melhorias de ramais e das pontes, pois são 57 km de ramais. São comunidades que têm  escolas, estudantes, escoamento da produção e nos unimos em benefício da população para tirar essas comunidades do isolamento”, finalizou a Prefeita de Brasiléia, Fernanda Hassem.

Presidente da comunidade Chico Melo:

“ Esta reunião hoje é muito importante para a comunidade, porque estamos necessitando do ramal e para que ele seja atendido e necessário a parceria das duas prefeituras e o mesmo ramal transporta alunos que no inverno sofrem;  então estamos muito felizes com essa parceria e acreditamos que ocorrerá tudo certo e a comunidade agradece ”.

Prefeita Fernanda Hassem

“Um momento muito importante para essa comunidade, onde é a primeira vez que dois prefeitos vêm à comunidade e senta pra traçar as melhorias de ramais e das pontes, são 57 km de ramais que tem escolas, estudantes, escoamento das produções e nos unimos em prol da população e tirar as comunidades do isolamento”.

Prefeito Tião Flores

“Estamos hoje nessa comunidade em parceria com a prefeita e juntamente com nossa Deputada Leila Galvão, tirando a mesma do isolamento, numa parceria nunca vista, trabalhando em prol da comunidade sem olhar para lado politico,”.

 Deputada Estadual Leila


“Estou muito feliz pois temos uma grande afinidade e carinho muito grande por essa comunidade que nos acolheu com muito respeito e dedicação, sinceramente estar hoje aqui acompanhada do Prefeito Tião Flores e da Prefeita Fernanda Hassem nos alegra ainda mais pelo tamanho das responsabilidade que os dois tem pelo seus respectivo municípios , a quatro anos essa comunidade ficou desassistida pelo poder publico e agora vem recebendo essa parceria” 

Exame toxicológico tem novas regras

O Conselho Nacional de Trânsito publicou as novas regras para a realização do exame toxicológico, obrigatório para motoristas de caminhões, ônibus e carretas de todo o país.

Foi publicada nesta quinta-feira (28/9), no Diário Oficial da União (DOU), a Resolução CONTRAN nº 691, que dispõe sobre o exame toxicológico de larga janela de detecção para os condutores das Categorias C, D e E da Carteira Nacional de Habilitação. O teste utiliza avançada tecnologia capaz de detectar o contato do condutor com substâncias psicoativas, através da análise de cabelo, pelo ou unha.

“Este exame é um instrumento na prevenção, no combate ao consumo de drogas e na efetiva redução da violência no trânsito, retirando das vias os motoristas que apresentam resultados positivos para o consumo de drogas como maconha, cocaína, opiáceos, anfetaminas e Metanfetaminas”, afirma o Diretor do Departamento Nacional de Trânsito – DENATRAN, Elmer Vicenzi.

As alterações na norma vieram com o objetivo de aprimorar os procedimentos, definir todas as etapas e garantir maior segurança dos resultados do exame.

A partir de agora, esta exigência deixa de ser parte do exame de aptidão física e mental e passa a integrar o próprio processo de habilitação, renovação e mudança para as categorias C, D e E, conforme determina a lei 13.103/2015.

Outra mudança é garantir que as etapas do exame sejam protegidas por cadeia de custódia com validade forense, ou seja, que tenham validade legal, incluindo desde o procedimento de coleta do material biológico até a inclusão na base de dados do Registro Nacional de Condutores Habilitados - RENACH e a entrega do laudo do exame ao condutor. Todos os procedimentos do exame deverão ter garantia do sigilo e da sua rastreabilidade operacional, contábil e fiscal do processo.

A validade do exame toxicológico aumentou de 60 para 90 dias. Este prazo será contado a partir da data da coleta da amostra, podendo seu resultado ser utilizado também para fins da legislação trabalhista.

A validade do credenciamento dos laboratórios aumentou de 2 para 4 anos, podendo ser revogado a qualquer tempo, se os credenciados não mantiverem os requisitos exigidos pelo DENATRAN.

A coleta do material para o exame ocorrerá em Postos de Coleta Laboratorial (PCL) e a comercialização dos exames só poderá ser feita diretamente pelos laboratórios credenciados pelo DENATRAN, não sendo permitido que os PCL revendam os exames toxicológicos ou façam qualquer cobrança direta ao condutor.

As novas regras dão garantia de que os laboratórios credenciados terão que entregar o resultado do exame ao condutor no prazo máximo de 15 dias contados a partir da coleta e deverão disponibilizar Médico Revisor - MR com capacidade técnica para interpretar os laudos toxicológicos positivos, relacionando ou não o uso de determinada substância com tratamento médico do motorista.

Para garantir que todas as regras estão sendo cumpridas, o DENATRAN, anualmente e a qualquer tempo, fiscalizará in loco os laboratórios credenciados para verificar a manutenção dos requisitos e documentos pertinentes e necessários ao credenciamento.

Uma mudança significativa, em relação às regras anteriores, foi a inclusão da obrigatoriedade de que os laboratórios credenciados pelo DENATRAN, assim como os laboratórios de apoio, passam a ficar obrigados a realizar auditorias periódicas regulares, com periodicidade de um ano, que deverão incluir três programas, um de Ensaios de Proficiência, um de Amostras Cegas e outro de Controle de Qualidade nas Etapas da Cadeia de Custódia.

Os laboratórios já credenciados pelo DENATRAN têm prazo de 90 dias para adotar as novas medidas.



Assessoria de Comunicação Social 
Ministério das Cidades 

Brasileia realiza a I Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial

Com o objetivo de fortalecer a Interiorização das Políticas de Promoção da Igualdade Racial no Acre, a Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), juntamente com a Secretaria Municipal de Educação de Brasileia (SEME), realizou na quinta-feira, 28, no auditório do CEDUP, a I Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial.

Durante a conferência foi apresentado o nome dos conselheiros municipais de igualdade racial de Brasileia, onde será encaminhado para o gabinete da prefeita, Fernanda Hassem, e depois levado para a Câmara Municipal de Brasileia para ser colocada em votação e ser aprovado pelos vereadores, para que o conselho possa representar o município nas conferências estaduais e nacionais.

“Hoje Brasileia está dando o primeiro passo na promoção de igualdade racial, onde estamos realizando a primeira conferencia municipal em parceria com a sociedade civil, órgãos não governamentais e prefeitura, que estão reunidas propondo ações que possam garantir o direito da população negra e indígenas, para que posteriormente possamos estar participando da conferencia estadual levando propostas elaboradas aqui”, informou Ramiege Rodrigues, secretária municipal de educação.

O projeto começou em 2016, onde realizaram em todo o Estado um seminário de sensibilização e orientação para a criação do conselho e do fórum de educação étnico racial.

“Saio de Brasileia bastante satisfeita. Vejo que alcançamos o nosso objetivo, juntamente com a Prefeitura de Brasileia, porque agora os conselheiros, gestores e os membros dos fóruns tiveram a oportunidade de estudar o marco legal das Políticas de Igualdade Racial (PIR). E agora todos já conhecem o estatuto de igualdade racial, o plano estadual de igualdade racial e as diretrizes nacionais”, relatou Almerinda Cunha.


Dos vinte e dois municípios acreanos, Brasileia foi o oitavo município assistido pelo Departamento de Igualdade Racial que está sendo realizada as conferencias municipais.

Assessoria 

Justiça nega pedido a deputado para retirar matéria sobre negociação de voto na Câmara

Parlamentar entrou com pedido de indenização por danos morais, alegando que o site publicou matéria difamatória.
O deputado A.R.M. teve negado pelo Juízo da 1º Vara Cível da Comarca de Rio Branco seu pedido liminar para retirar matéria de site de notícias, sobre seu voto para prosseguimento da denúncia contra o presidente do Brasil. A denegação do pedido de antecipação de tutela feita no Processo n°0711744- 51.2017.8.01.0001 baseou-se na compreensão de que há outras matérias sobre o mesmo tema em outros sites e a retirada dessa notícia do jornal requerido, não irá excluir o conteúdo dos outros portais.
“Ademais, observe o autor, que a referida publicação é uma baseada no conteúdo disponibilizado no portal UOL Notícias, assim sendo, retirar a publicação realizada pelos demandados, não implica necessariamente, em excluir o conteúdo das matérias da internet”, escreveu a juíza de Direito Zenice Cardozo, na decisão, publicada na edição n°5.973 do Diário da Justiça Eletrônico (fl.13), da quinta-feira (28).
Conforme os autos, o deputado federal entrou com pedido de indenização por danos morais, alegando que o site requerido publicou matéria difamatória, na qual afirmavam que ele havia sido visto negociando seu voto. Tal situação trouxe danos a sua imagem, por isso, entrou com ação e pediu liminarmente a retirada do conteúdo dos locais onde estiver publicado pelo requerido.
Decisão
Contudo, julgando o pedido de antecipação de tutela, a juíza de Direito Zenice Cardozo negou tal solicitação do deputado, por não ter vislumbrado no caso, nesse momento, o preenchimento dos requisitos exigidos pela Lei.
A magistrada observou que o conteúdo criticado foi construído com informações de outro Portal de Informação, e esse Portal não está indicado como parte no Processo, “(…) o conteúdo das publicações mencionadas, as mesmas são baseados na matéria publicada no portal UOL Notícias, entretanto, o referido portal, não figura na presente lide”, disse a juíza.
Na decisão, Zenice Cardozo aponta o tempo que o autor demorou em buscar a Justiça. “Em que pese o risco da demora possa causar risco ao direito pleiteado pelo autor, verifica-se que o mesmo não está caracterizado nos autos, tendo em vista o lapso temporal da publicação das referidas matérias (02 de agosto de 2017), mais de um mês, sem contestação da parte autora”, explicou a magistrada.
Quando o julgamento do mérito do processo for analisado esta decisão, poderá ser confirmada ou não pelo Juízo.

Justiça determina restabelecimento de auxílio-doença para funcionário dos Correios acidentado em serviço

Decisão mostrou que incapacidade laborativa do servidor não permite a concessão da aposentadoria por invalidez, mas permite o outro benefício.
O Juízo da Vara de Execução Fiscal da Comarca de Rio Branco determinou que o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) volte a conceder o benefício de auxílio-doença para o autor do Processo n°0004719-96.2015.8.01.0001, por ter sofrido acidente de motocicleta enquanto trabalhava e está temporariamente impedido de realizar suas funções como servidor dos Correios.
Conforme a sentença, publicada na edição n°5.963 do Diário da Justiça Eletrônico (fl.61), a Autarquia teve o prazo de 15 dias para cumprir a obrigação judicial, sob pena de ser penalizada com o pagamento de multa diária de mil reais.
Ao acolher os pedidos do trabalhador, a juíza de Direito Mirla Regina, titular da unidade judiciária falou o seguinte: “(…) a lesão decorrente de acidente de trabalho que resultou na incapacidade temporária do autor para o seu trabalho ou atividade habitual”.
O servidor dos Correios contou que recebeu o benefício pelo prazo de três meses, então, o suspenderam, mas ele ainda não está em condições de exercer sua atividade, por isso, buscou à Justiça.
Sentença
Na sentença, a juíza de Direito Mirla Regina situou a controvérsia da questão, pois o INSS negou prorrogar o auxílio-saúde sob o argumento de não ter sido demonstrado a incapacidade laborativa do autor, e o autor alega ainda não ter conseguido se reestabelecer.
Prosseguindo, a magistrada apontou as conclusões do Laudo Médico produzido pela Junta Médica Oficial do Estado do Acre. Segundo é informado o autor está com incapacidade parcial e temporária, “devendo evitar atividades que exijam deambulações de grandes distâncias e longos períodos em pé”.
Mirla Regina observou que a incapacidade laborativa do servidor não permite a concessão da aposentadoria por invalidez, mas permite o auxílio-doença. Assim, a magistrada deferiu o pedido, mas alertou que o autor deve “(…) submeter-se a processo de reabilitação profissional para o exercício de outra atividade, nos termos do art. 62, da Lei n.º 8.213/91, com a recente redação conferida pela Lei n.º 13.457, de 26.06.17, recomendando-se, ainda, acompanhamento fisioterápico e ortopédico, conforme indicado no laudo”.

TRE-AC sediará Workshop "Faça Acontecer"

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AC) realizará o Workshop "Faça Acontecer", na próxima sexta-feira, dia 29, das 8 às 12h, no auditório da Escola do Poder Judiciário (ESJUD/TJAC). O objetivo é motivar os colaboradores da Justiça Eleitoral a participarem da definição das diretrizes institucionais para o biênio 2017/2019.

O evento será aberto pela presidente do TRE-AC, desembargadora Regina Ferrari, logo após o credenciamento dos participantes. A psicopedagoga Paula Silva é quem conduzirá as atividades do workshop, iniciando com a palestra "Uma abordagem neurocientífica sobre como programar sua mente para ser exatamente o que você pretende ser", às 8h30. Em seguida, acontecerá a oficina "Abordagem Sistemática para a inovação". 

Sobre a palestrante

Paula Cristina da Silva é natural das Ilhas dos Açores, Portugal. É Psicopedagoga; mestre em Neuropsicologia; Psicóloga Clínica e Terapeuta Cognitiva Comportamental.
Autora da coleção de livros psicológicos "O Mágico dos Pensamentos".  Autora da páginamagiadospensamentos@webnode.com.brEscritora assídua do Jornal Tribuna das Ilhas, de Portugal; Mestranda em Neurociência, na Espanha.
Cursou Psicologia Clínica e Terapia Cognitivo Comportamental (Brasil); Psicofarmacologia; Psicobiologia do Stress (Espanha); e a ciência da Felicidade (EUA).



Renata Brasileiro
Assessora de Comunicação

“O que o Governo está fazendo que não cuida da Segurança Pública?”, dispara Sinhasique

A deputada estadual Eliane Sinhasique (PMDB) voltou a falar de Segurança Pública, na manhã desta quinta-feira (28), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). Segundo ela, de janeiro até ontem foram registradas no site do IML 245 mortes violentas (arma de fogo, espancamento e arma branca).

“É muita gente morrendo assassinada nesse Estado! Destes 245 mortos, 110 tem até 25 anos de idade. E ainda temos uma cifra negra no número de assaltos, roubos e arrombamentos. Estes, não conseguimos levantar, pois a grande maioria nem é registrada. O povo deixou de procurar a polícia para registrar Boletim de Ocorrência por conta da sensação de impunidade”, declarou.

A parlamentar frisou que os comerciantes estão amedrontados. “A tradicional pastelaria Rei do Pastel, após 15 arrombamentos, vai fechar as suas portas. Em 24 dias ocorreram 30 arrombamentos no camelódromo de Rio Branco. Os empresários estão desistindo de seus empreendimentos, estão deixando de gerar emprego, de gerar renda, porque não estão dando conta de trabalhar para o bandido levar”.

Por conta da crescente violência no Estado, Sinhasique apresentou requerimento, na Assembleia, pedindo a convocação do Secretário de Segurança Pública, Emylson Farias. “A criminalidade está demais! Os comércios estão sendo arrombados. Os empresários e funcionários estão sendo ameaçados, amordaçados. O povo está morrendo. E o que é que o Governo do Estado está fazendo que não cuida da Segurança Pública?”, disparou.

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Parabéns Cruzeiro do Sul


Felicidades mil para nossa querida cidade de Cruzeiro do Sul pelos seus 113 anos! Parabéns!!!

Furacão TPM leva o Acre ao vento

Todas as manhãs é algo rotineiro minha saída de casa e olhar para o maior simbolo do Estado do Acre, nossa bandeira. Hoje foi diferente, olhei, olhei e continuei a olhar e não vi a bandeira. Pensei que não tinha vento para vê-lá tremular.

Deixe está que o Furacão TPM (Tamu Perdido Mermu) arregaçou a pobre e levou o Acre com o vento. Estamos só com o pau na mão e o resto se foi. 

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Camelôs querem segurança para trabalhar

Lojistas do camelódromo de Rio Branco se reuniram na quadra do colégio acreano na noite desta quarta (27) em busca de soluções para inibir os assaltos que vem ocorrendo desde o início deste mês.
Segundo os comerciantes locais, eles estão sofrendo ameaças por parte de criminosos que estão cobrando para que os pontos comerciais e pessoas não sejam assaltadas. De acordo com informações do presidente em exercício do sindicato dos camelôs e vereador, Carlos Juruna (Livres) até o presente momento quase quarenta pontos foram saqueados, motos e objetos furtados, e uma tentativa de homicídio.

“O encontro é destinado para tirarmos encaminhamentos a respeito da segurança, o que hoje está faltando na região do calçadão. Convidamos a prefeitura, polícia militar, Câmara e secretaria de segurança, mas apenas alguns compareceram. Queremos um suporte das policias, pois vamos ter uma grande movimentação de receita por conta do natal. Vamos ter que antecipar a programação para tentar diminuir a criminalidade e outras soluções para despistar os criminosos”, disse Juruna.

O representante da prefeitura não agradou muito ao falar que nado poderia fazer e não era de responsabilidade da prefeitura. O presidente da Câmara de Rio Branco, Manuel Marcos foi duro em suas palavras a respeito do posicionamento da prefeitura.

“A responsabilidade de fato não é da prefeitura, mas da segurança pública de uma forma geral e todos os poderes tem responsabilidade em garantir a segurança do cidadão.  Não é cabível e nem aceitável a falta de um policiamento ostensivo no centro da capital, onde ficamos tão próximos ao comando da PM e delegacia. A população não quer saber de quem é a culpa ou a responsabilidade, mas de uma solução”, destacou Manuel.

O coronel Kimpara da polícia militar garantiu que equipes estarão atuando na região.

“Precisamos estar unidos para combater a criminalidade, a policia faz seu papel, mas as leis que são fracas e não são devidamente punitivas. Estaremos atuando com os lojistas e com equipes presentes nos três turnos ao longo do calçadão”, afirmou Kimpara.

Lojista há quinze anos, Jorge Cell cobra mais agilidade, pois muitos pontos estão sendo arrombados e os permissionários estão com prejuízo total.

“Minha loja já foi invadida duas vezes e não temos esse apoio da segurança municipal. Estamos cansados de tentar trabalhar honestamente e malandro invadir nossos boxes e fazer o limpa. Queremos uma ação efetiva e menos papo”, frisou Jorge.

O Natal Premiado que ocorreria no mês de dezembro foi antecipado para os meses de outubro, novembro e início de dezembro.


Chuva na capital causa transtorno e prejuízo


A chuva que cai sob Rio Branco na tarde desta quarta (27) causa transtornos e prejuízo.

No estacionamento da Secretaria Municipal da Cidade, o muro não resistiu ao volume de água e ao vento e cai em cima dos veículos dos funcionários, além de deixar o acesso uma verdadeira piscina. O transito encontra-se lento e parte dos bairros está sem energia.

Bastidores da Imprensa 27 09 2017

Escala da violência
Deputada Eliane Sinhasique (PMDB) trouxe a tribuna da Aleac uma temática que infelizmente passou a ser “comum”, que é a violência no Estado do Acre. Segundo levantamento feito, estamos tendo dez pessoas sendo mortas por semana e essas vitimas só entram para estatística, pois não se localiza os autores.

Tolerância zero
Vale lembrar que em visita ao estado, o secretário nacional de segurança publica informou que vem recursos para o Acre, mas acaba faltando uma gerência dos recursos. A população pede uma ação mais efetiva dos nossos gestores públicos, pois não se tem segurança na rua, na frente da casa e muito menos dentro da própria casa.

Algo errado
Chegou até a coluna a informação de que tem escola de tempo integral que não oferecerá um ano de aprendizado proveitoso para o próximo ano, ou seja, os alunos vão acabar revendo o mesmo conteúdo. A secretaria de educação precisa da uma verificada nisso.

Sem tato
Na Câmara de Rio Branco um dos projetos do vereador Emerson Jarude (livres) onde orientaria o município a emitir contas com braile para auxiliar os portadores de limitações visuais foi rejeitado pela maioria, no caso a base do prefeito sob a justificativa de que iria gerar mais gastos ao município.

Faltou atenção
Pegou mal a rejeição do projeto, pois no estado são mais de seiscentos portadores de necessidade. Quem definiu a rejeição foi o vereador Jakson Ramos (PT), que infelizmente ajudou a deixar de fora esse grupo já tão excluído. Mais uma vez os deficientes visuais ficaram a vê navios.

Olho por olho
Esse cabo de guerra em Brasiléia parece coisa de menino “buchudo” ao querer tripudiar sob a gestão pública municipal. Foram presos membros de oposição, assim como foram presos nomes da situação. A administração deve continuar trabalhando em benefício da população e deixar que a justiça faça o seu papel.

Mulheres fortes
Dos nomes que já estão na política, um nome que serve de referência por um bom trabalho e que não tem rejeição, e que estará disputando a reeleição, é o da Doutora Juliana (PRB) que intensifica suas visitas de campanha no interior e em comunidades da capital. E quem pode vim a somar esse novo quadro para a próxima legislatura é o da secretária Sawana Carvalho.

Novos marcos
No mesmo dia em que o STF afastou do mandato o senador Aécio Neves (PSDB), o ex-ministro Antônio Palocci pediu sua desfiliação do PT, partido que ajudou a fundar há mais de 30 anos. Não são homens que se possa denominar "qualquer", são dois marcos importantes na vida de ambos e a carta de desfiliação é um desabafo que deveria ser lido por cada brasileiro. Como bem disse Palocci: que toda verdade seja dita

Senadores mimimi
Os senadores acharam algo um tanto quando absurdo a decisão de afastamento de Aécio Neves, a impossibilidade de dialogar com colegas de bancadas e ficar preso em casa. Os parlamentares querem que seja decidido no voto. Isso é um novo ponto que passa a abalar o mundo politico, pois se abrir precedentes, muitos mandatários terão seus “poderes” enfraquecidos, já que uma boa parte responde processos na justiça nas mais diversas esferas.

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Decepções da telona

Como todo bom cinefico, também fui conferir os filmes It a Coisa e Mãe. A principio procurei não criar expectativa para não me frustrar e parece que acertei. 

It a Coisa me foi um filme que causou risadas e inspirou a fazer piadas, o único momento "assustador" foram os demoniozinhos que assombravam as crianças, que deram um show de interpretação e salva-se a direção de imagem. Fora isso, nenhuma reação de medo, susto ou algo do gênero. 

Mãe pelo trailer tão anunciado parecia um filme que prometia sustos e chuva de pipoca para cada aparição, mas foi uma decepção. Filme sem uma trilha sonora que marque, sem pé e nem cabeça, sem falar que foi extremamente lento e chatinho. Foi tanto chatinho que dava sono. A única coisa boa do filme são as curvas da linda Jennifer Lawrence no inicio com uma camisolinha que meu Deus (rs) e no final, fora isso não teve nada.

domingo, 24 de setembro de 2017

Bastidores da imprensa - 24/09/17

“Sob a direção de um forte general, não haverá jamais soldados fracos.”

Sócrates

Retorno

Caro leitor, pedimos desculpas a você por nossa ausência e silêncio a respeito do sumiço da coluna de circular pelos meios de comunicação acreana, mas se fazia necessário, pois muita coisa vinha rolando e para passarmos uma certeza, era necessário a apuração. A coluna está de volta!

Bandeira branca

Ao que parece a oposição levanta uma bandeira branca para as arengas públicas e fuma o cachimbo momentâneo da paz. Vão levar com a barriga o duelo pela vice candidatura ao governo.

Na oposição

Falando em oposição, um fato que chamou a atenção foi a ida do ex-presidente da Câmara de Rio Branco, professor Roger para a oposição. Roger largou praticamente sua candidatura para defender a de Marcus Alexandre (PT), de ter defendido a do ex-prefeito e deputado federal, Raimundo Angelim (PT).

Passe valorizado

Na oposição o professor Roger passou a ser valorizado, nem bem se filiou na oposição e já foi chamado para participar das reuniões da majoritária e dos grandes diretórios, coisa que nunca viu enquanto era do PSB. O partido de Eduardo Campos errou em não valorizar Roger, um candidato que foi eleito sem qualquer ajuda palaciana e partidária. Só errou por confiar demais nos que defendeu.

Vem cara nova


Falando em Câmara de Rio Branco, alguns suplentes de vereadores já começam a tirar o cheirinho de mofo dos paletós e passar a parafina. Existe um zum zum zum rolando que um irá abrir mão do mandato parasse dedicar a candidatura estadual e outros dois de assumirem secretarias. Assim darão espaço para outros.



Nada novo

Que vexame foi o dos deputados estaduais em aprovarem um projeto sem ler. E não dá para dizer que a culpa foi do lado de lá ou de cá, a votação foi unanime, ou seja, oposição e situação e oposição não leram. Todo documento e principalmente ações públicas de interesse da população dever ser tratadas com maior responsabilidade.



Estamos de Olho




Até quando o prefeito de Rio Branco vai sustentar o “gatinho’ feito em um dos prédios alugados da avenida Ceará onde funciona uma secretaria? A população não tem porque pagar a luz de uma empresa que furta energia de uma secretaria municipal.