Rocha participa de debate sobre o impeachment em programa da TV Câmara

O deputado federal Major Rocha (PSDB-AC) participou nesta quarta-feira, 13, do programa Brasil em Debate, transmitido ao vivo pela TV Câmara, sobre o processo de impeachment.
Rocha e Daniel Almeida (PC DO B/BA) apresentaram questões ligadas à denúncia contra a presidente Dilma Rousseff, que culminaram com a aprovação do impedimento em Comissão da Câmara Federal.
“Eleição não dá salvo-conduto para assaltar o país. As denúncias são graves”, retrucou Rocha após ouvir o parlamentar comunista defender que a presidente fora eleita em 2014, portanto, não poderia passar por este processo.
O tucano apresentou uma foto onde o Partido dos Trabalhadores entrega pedido de impeachment do presidente Fernando Henrique Cardoso e destacou que àquela época, não consideravam golpe. E observou ainda que o presidente Fernando Collor de Melo foi investigado por um Fiat Elba, enquanto a atual presidente é investigada por desvio de valores da Petrobras. “Há denúncias sobre uso de propina da Petrobras para custear a campanha da presidente Dilma. Desvio de bilhões”, disse Rocha.
Daniel Almeida chegou a argumentar que o PSDB faz “apenas debate político para manter o palanque de 2014” ao que foi rebatido por Rocha. “O PT tem o discurso da ética, mas não põe em prática. Hoje assistimos um verdadeiro balcão de negócios que este partido transformou a República”.
O parlamentar do Acre fazia referência à proposta do Governo Federal de trocar emendas parlamentares e ministérios aos deputados e partidos que votassem contra o impeachment, ou simplesmente, faltem ao dia da votação do processo.
O programa Brasil em Debate tem reprises amanhã, dia 14/04, às 21 horas e na sexta, dia 15/04, às 06h30min e as 18h30min (pode ficar comprometida pela sessão do impeachment). Também é possível assistir pelo YouTube, (vídeo).

Comentários