sábado, 31 de outubro de 2015

Prefeito e vereadores realizam vistorias de obras nos bairros

Durante o sábado, o prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre e os vereadores Roger Corrêa e Fernando Martins dedicaram o dia para vistoria de obras nos bairros da capital, percorrendo os bairros  da Paz, Tucumã, Mocinha Magalhães, Universitário I, II e III, Jorge Kalume e Barro Vermelho.

da Assessoria

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Líder do PSDB pede à PGR instauração de inquérito contra Líder petista por incitação ao crime

O Líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio (SP), solicitou formalmente à Procuradoria-Geral da República, no início da tarde desta quinta-feira (29/10), que seja instaurado inquérito policial contra o Líder do PT, Sibá Machado (AC), por incitação ao crime.
 
“É inconcebível que um parlamentar, ainda mais na condição de líder de um partido, incite ao cometimento de qualquer crime. Principalmente quando se trata de colocar em risco a integridade física de cidadãos que estão protestando de forma pacífica, democraticamente”, disse Sampaio.
 
Na tribuna da Câmara, o deputado petista não só chamou os manifestantes de “vagabundos”, como os ameaçou, ao dizer: “vamos para o pau com vocês agora” e ”vou juntar gente e botar para correr”.
 
Segundo Sampaio, “esta conduta do deputado Sibá Machado fez com que, no dia seguinte à sua conclamação, dezenas de manifestantes ligados ao PT respondessem ao apelo do Líder e, de fato, agredissem os manifestantes”.
 
“Infelizmente, essa não é a primeira vez que lideranças do PT e de movimentos ligados ao partido incentivam a violência. Quem não se lembra do ex-presidente Lula conclamando o exército do MST para ir às ruas? E, mais recentemente, do presidente da CUT, Vagner Freitas, ameaçar ir às ruas com armas nas mãos, caso avançasse o pedido de impeachment da presidente Dilma? Portanto, temos, sim, que ficar atentos a este tipo de atitude que nada tem a ver com democracia”, concluiu Carlos Sampaio.

MPAC vai fiscalizar cumprimento de penas nos regimes aberto e semiaberto

Presos que cumprem pena nos regimes aberto e semiaberto, além dos que conseguiram o livramento condicional, passarão a ser fiscalizados com mais rigor. O procurador-geral de Justiça Oswaldo D’Albuquerque Lima Neto instituiu uma comissão que vai acompanhar os reeducandos enquadrados nesses três grupos.
 
A Comissão de Fiscalização dos Apenados será composta por um promotor de Justiça, integrante do Grupo Especial de Atuação Penal e Execução Penal (Geape), que vai coordenar os trabalhos, além de servidores do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC).
 
Entre as atribuições, o grupo terá que conferir se os condenados estão cumprindo corretamente as penas nos regimes com os quais foram beneficiados. Eles serão visitados nos locais de residência e trabalho informados para verificar se as regras estabelecidas na Lei de Execução Penal estão sendo observadas.
 
Essa comissão vai, por exemplo, averiguar se os presos que estão no semiaberto, que deixam o presídio durante o dia, estão mesmo comparecendo ao trabalho; ou se aqueles do regime aberto voltam para casa no horário estabelecido.
 
Este ano, a Vara de Execuções Penais da Comarca de Rio Branco divulgou uma pesquisa revelando que 21,5% dos presos do regime semiaberto cometeram novos crimes na capital. Os dados são do período que vai de setembro de 2014 a abril de 2015.
 
“Esse trabalho é um desdobramento do que foi informado no relatório sobre as organizações criminosas, produzido pelo Gaeco [Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado] e Geape, e que foi subsidiado pelas informações do sistema integrado de segurança pública, e visa justamente garantir a segurança da população”, comenta Oswaldo D’Albuquerque.
 
A equipe de fiscalização vai ter que elaborar um relatório circunstanciado das visitas e encaminhar ao presidente da comissão, no prazo de 24 horas após a visitação, para que sejam adotadas as providências pertinentes a cada caso.


Agência de Notícias - MP/AC
 

Durante Convenção, Flaviano Melo é reconduzido ao cargo de presidente do PMDB estadual e Eliane Sinhasique é apresentada como pré-candidata a prefeita de Rio Branco

Durante Convenção estadual do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), Flaviano Melo foi reconduzido ao cargo de presidente do diretório estadual do partido e apresentou a deputada estadual Eliane Sinhasique como pré-candidata a prefeita de Rio Branco.

“Eu quero pedir que a nossa pré-candidata Eliane Sinhasique fale em nome dos nossos pré-candidatos e do nosso diretório municipal da nossa candidatura”, declarou Flaviano que apresentou também os candidatos da legenda do Bujari, de Porto Acre, de Capixaba, de Senador Guiomard e de Cruzeiro do Sul.

Sinhasique aproveitou a oportunidade para falar da seriedade com que o partido encara essas eleições. “Nós não estamos brincando de ser candidatos, nós estamos aqui com uma proposta séria, com uma proposta coerente, com o nosso plano de administração do PMDB”.

E lembrou que o partido apresenta o candidato que a população almeja. “O PMDB é tão democrático que não escolhe candidato sozinho, ouve a população. Se temos esses candidatos aqui é porque a população os quer”.

A convenção foi prestigiada pelos presidentes do PSDB, Wherles Rocha, do Dem, Tião Bocalom, do PR, Tarcito Batista, e por representantes do PMN, PSD e PPS.

RIO BRANCO: Tentativa de assalto termina com assaltante baleado

As informações ainda são poucas,  mas,  ao que se pode coletar a tentativa de assalto aconteceu a um estabelecimento comercial localizado na Rua Otávio Rola do bairro Nova Estação  agora a pouco.
 
Segundo informações extra oficiais, no momento em que o assaltante fugia em direção a motocicleta onde seu comparsa o aguardava,  um policial a paisana disparou contra o agente que foi baleado.  Mesmo ferido,  ele saiu correndo em direção ao Horto Florestal e se embrenhou na mata.
 
A polícia militar já foi acionada e está a procura do suspeito.
 
Mais informações a qualquer momento...
 
Fonte: administradores em ação

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

A INÉRCIA NA GESTÃO DE RESÍDUOS CUSTA DUAS VEZES MAIS DO QUE O INVESTIMENTO EM SOLUÇÕES ADEQUADAS

Mais de 75 milhões de pessoas, cerca de um terço da população brasileira, ainda são afetadas pela destinação de resíduos em locais inadequados, o que mostra a inércia e o descaso com que esse tema tem sido tratado no Brasil. Atualmente, 42% dos resíduos coletados, ou quase 30 milhões de toneladas por ano, ainda é despejada em lixões e aterros controlados, espaços ambientalmente inadequados, que continuam sendo utilizados por 3.334 municípios de todas as regiões do País.
 
Embora a cobertura dos serviços de coleta seja de mais de 90% na média nacional, e esse serviço já possa ser considerado universalizado, faz-se necessária a ampliação das ações de recuperação, tratamento e destinação final adequada para a totalidade dos resíduos gerados no país.
 
Esse é o principal ponto para o qual toda a sociedade deve mirar os holofotes, pois a adequação da destinação dos resíduos sólidos é a única forma de se evitar a perpetuação de ações danosas ao meio ambiente e à saúde pública. 
 
Os lixões e outras formas de destinação impróprias de resíduos representam crime ambiental, e além de todo o passivo ambiental que provocam, são ainda um campo altamente propenso à proliferação de graves doenças e vetores, que atingem a parcela menos favorecida da população.
 
Para demonstrar a gravidade dessa situação, um estudo inédito elaborado por renomados técnicos da Associação Internacional de Resíduos Sólidos, a ISWA, foi apresentado em São Paulo, com o objetivo de quantificar os impactos dos lixões sobre o sistema de saúde e meio ambiente. Os resultados são alarmantes, e comprovam que a situação é emergencial.
 
Segundo esse estudo, de 2010 a 2014, o Brasil desperdiçou R$ 1,5 bilhão por ano com gastos na Saúde para tratamento das doenças causadas pela destinação inadequada de resíduos. E se os lixões continuarem abertos por mais cinco anos, o País vai desperdiçar, através do SUS, um valor adicional entre R$ 14 bilhões e R$ 18 bilhões. Trata-se de muito dinheiro gasto para remediar uma situação negativa, na tentativa de minimizar os efeitos danosos de uma prática criminosa, que não resolve o foco do problema.
 
Por outro lado, a demanda por investimentos para viabilizar a universalização da destinação adequada dos resíduos sólidos no Brasil apresentada em estudo recente lançado pela ABRELPE, mostra que, até 2023, o País necessita de R$ 7,5 bilhões para implantar os sistemas adequados para tratamento de resíduos, seguindo as determinações da Política Nacional de Resíduos Sólidos.
 
Considerando os números das duas pesquisas, fica evidente que os investimentos necessários para adequação do sistema, e a consequente resolução do problema, equivalem à metade do dinheiro desperdiçado com saúde e meio ambiente, ou seja, o custo da inércia é o dobro do custo para a ação adequada.
 
Os R$ 7,5 bilhões devem ser investidos em infraestrutura que permita um sistema cíclico de gestão de resíduos, e que abranja o maior aproveitamento e recuperação dos materiais através da coleta seletiva, compostagem, reciclagem, recuperação energética e disposição final em aterros sanitários.
 
A viabilização desse sistema sustentável, com foco na recuperação de recursos, possibilitará inúmeros benefícios para o País e, principalmente, para os municípios, pois, além de proteger o meio ambiente e conservar os recursos naturais, também trará ganhos econômicos para a população local, que lucrará com a criação de novos negócios e empregos, e observará uma considerável redução nos gastos com saúde, advindos justamente da melhoria nas condições ambientais.
 
A inércia observada até hoje, e o impulso de adiar ainda mais as soluções, leva a um aumento no impacto negativo, e nos custos decorrentes, tornando as soluções mais caras e mais complicadas, com implicação direta nos gastos com o nosso já tão combalido sistema de saúde e dando causa para o crescimento dos índices de mortalidade, uma consequência direta do descaso para com a gestão de resíduos.
 
Carlos Roberto Vieira da Silva Filho é Diretor-Presidente da ABRELPE – Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais e Vice-Presidente da ISWA – International Solid Waste Association. É advogado pós-graduado em Direito Administrativo e Econômico pela Universidade Mackenzie.
 

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

APROVADA LDO 2016

Em tom fúnebre, os vereadores de Rio Branco aprovaram por unanimidade o texto da Lei de Diretrizes Orçamentárias 2016 , todos lamentando o corte de recursos e a redução de metas em todas as áreas de investimentos, como por exemplo a manutenção de ramais que caiu dos já mimos 250 quilômetros projetados e não executados em 2015 para uma previsão de apenas 200 quilômetros em 2016.
 
A apresentação do texto em plenário foi precedida pela presença do vereador licenciado e atual secretário de Finanças da Prefeitura, Marcelo Macedo que foi explicar os liames da lei que definirá o Orçamento Geral da Prefeitura (Lei de Orçamento Anual – LOA) que, conforme o acertado, será aprovado pela Câmara de Vereadores na Semana que vem.
 
O chororô foi aberto pelos vereadores da oposição que “à crocodiliana” fizeram uma mea culpa declarando-se arrependidos de terem aprovado a isenção de mais de R$ 8 milhões para as empresas de ônibus da Capital que, desde então só pioraram a qualidade dos serviços prestados à população que continua sofrendo até com a continuada falta de troco nas roletas.
 
A choradeira foi aberta mesmo pelo vereador Rabelo Góes, seguido por Marcelo Juá e coroado pela vereadora Lene Petecão que constatou : “2015 foi um ano péssimo por causa dessa crise e da má gestão do País, mas 2016 promete ser bem pior porque além da falta de dinheiro o que se vê é muito bate-bocas onde nada se resolve. Com essa diminuição do orçamento e das metas de trabalho da prefeitura de Rio Branco, toda a população vai sofre, pior ainda para os produtores rurais que estão abandonados e sem perspectivas de recuperação dos ramais, sem ramais como é que vão escoar a produção pra alimentar a cidade?
 
Além do projeto de lei 076 que define a LDO 2016 , os vereadores também votaram e aprovaram os projetos de lei 072 do vereador Jucá estabelecendo o ensino de Libras nas escolas municipais, o PL 074 que cria o Dia do Nutricionista e o PL 075 que instituiu o calendário de eventos de Rio Branco .
 
Quanto aos comentários na tribuna sobre a LDO 2016, posição e oposição choraram abraçados, mas o vereador Raimundo Vaz que está na câmara há mais de 25 anos foi enfático ao afirmar que: “Durante minhas passagens como vereador nesta Câmara já muitas LDOs, mas é a primeira vez na minha vida que me vi obrigado a aprovar uma lei de diretrizes orçamentárias que expressa a rece3ssão em que estamos mergulhando o país inteiro! “  
 

NOTA DE PESAR

O Sindicato dos Jornalistas do Acre – SINJAC – manifesta o seu mais profundo pesar pelo
falecimento da senhora ITAMIRA DE MELO PAIVA, mãe da jornalista Angélica Paiva. D. Itamira
foi uma das muitas matriarcas que escolheu o Acre para criar seus filhos e ver crescer seus
netos.
 
Aqui fincou raízes no Conjunto Universitário, combateu o bom combate e guardou a fé. Era
uma mulher simples e, ao mesmo tempo, uma mulher forte e doce. Era amiga dos amigos da
filha. Sempre os recebia com amor, afeto e uma cuia de chimarrão.
 
Deixa um legado de honra e retidão, exemplo para todas as gerações. Os jornalistas do Acre
manifestam sua mais absoluta solidariedade à colega Angélica Paiva. E que Deus, em sua
infinita misericórdia, possa ajudar a família a passar por esse momento de profunda dor e
sofrimento.
 
Rio Branco, 28 de outubro de 2015.
 
 
A diretoria

O amor une e perdoa

A meta do amor é que todos se deem as mãos e nunca mais soltem. A meta do amor é amarrar uma corda de segurança em volta de cada pessoa, ajudando-a a caminhar junto e a seguir adiante. O amor nunca abandona ninguém. Uma pessoa amorosa nunca isola as outras pessoas nem cria um círculo exclusivo de amigos. Afinal, qual é o objetivo de se criar harmonia entre aqueles que já são amigos? Em vez disso, devemos ter como meta unir todos os diferentes tipos de pessoas. Uma pessoa que ama nunca quer ser a única a estar feliz.
 
Amar significa rezar sempre para que todos tenham uma felicidade maior. Amar é saber que você e eu somos parte do mesmo todo. Você e eu não somos estranhos, somos parte um do outro. Essa compreensão é o alicerce do amor. O verdadeiro amor espera pacientemente que os outros despertem para a Verdade. É por esse amor imenso que devemos procurar viver.
 
O amor também é perdão. Sentimos muita dificuldade em perdoar os outros pelos seus erros, mas é muito fácil perdoar a nós mesmos quando fazemos as mesmas coisas. É fundamental cultivar o sentimento do perdão. Cada um de nós deveria fazer calmamente uma reflexão e pensar na quantidade de vezes que pode ter magoado os sentimentos de alguém. Você alguma vez foi desleal ou traiu a confiança daqueles que se preocupam com você – seu pai, sua mãe, irmãos, irmãs, amigos, professores e colegas? Peça perdão. Perdoe sempre. O amor é a meta da nossa vida porque o amor é Deus.
 
Do livro Mensagens do Céu (IRH Press do Brasil), do mestre Ryuho Okawa, fundador da Happy Science – movimento que oferece a chave da verdadeira felicidade às pessoas de todos os países, raças e crenças, pregando a criação de um mundo de paz através da inovação espiritual, educacional e política.

Socorro Neri recebe homenagem da Câmara Municipal pela passagem do Dia do Professor

A Câmara Municipal de Rio Branco realizou nesta terça-feira, 27, sessão solene em homenagem ao dia do Professor.
 
A professora Socorro Neri foi uma das homenageadas, com indicação feita pelo vereador tucano Clézio Moreira. “Este foi um reconhecimento à professora Socorro, que já foi Pró-Reitora da UFAC e muito tem contribuído pela Educação do nosso Estado”, destacou Clézio.
 
“Mesmo a profissão não tendo valorização como deveria, professores são verdadeiros guerreiros, pois como disse Paulo Freire, o professor,  através da educação é capaz de mudar o mundo. Exercer a profissão é um sacerdócio  e a Câmara resgata, com este evento, essa valorização”, disse durante seu pronunciamento, Socorro Neri.
 
A sessão solene foi uma indicação da vereadora Rose Costa e prestou homenagem a vários renomados professores de Rio Branco.

Deputada Eliane Sinhasique pede delação premiada no caso G-7

A deputada estadual Eliane Sinhasique (PMDB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), na manhã desta terça-feira (27), para sugerir que os envolvidos na operação G-7 façam delação premiada para que o caso seja desvendado.

Sinhasique acredita que há mais gente envolvida no escândalo. “Proponho que façam delação premiada. Não é possível que todos estes envolvidos sejam os únicos culpados. Eles estão todos quebrados”, afirmou.

A parlamentar elogiou o Ministério Público Federal que apresentou à Justiça Federal nova denúncia contra 21 pessoas acusadas de burlar a concorrência para a construção de mais de 3 mil casas do programa estadual Cidade do Povo. “Parabenizo o Ministério Público Federal por mais essa denúncia”.

Operação G-7

Em maio de 2013, a Polícia Federal deflagrou a operação G-7, que investigava um esquema de fraude em licitações públicas. Na época servidores públicos do Estado, secretários e empreiteiros foram presos.

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Legislativo realiza sessão em homenagem aos professores

Dia 15 de outubro foi comemorado o dia do professor. Para parabenizar esse profissional, a Câmara de Vereadores de Rio Branco realizou sessão em homenagem nesta terça-feira (27). Estiveram presentes na solenidade vários homenageados entre eles o Secretário Municipal de Rio Branco Márcio Batista.

À primeira secretária da CMRB, autora do requerimento, Rose Costa destacou que quem já teve um grande professor sabe que ele pode mudar uma vida.  “Todos nós professores, apesar de ainda estarmos longe sermos reconhecidos como a profissão que viabiliza o desenvolvimento de todas as outras profissões, sabemos o quanto torcemos e vibramos com cada conquista dos nossos alunos”, disse.

Segundo Rose, todas as adversidades enfrentadas pela classe dos professores se minimizam quando encontram um homem ou uma mulher de sucesso que foram seus alunos no passado. Além disso, a vereadora afirmou que a solenidade realizada pela Casa não é suficiente para demonstrarmos toda a honra que a comunidade sente em possui os homenageados como professores da cidade.

"Em nome de todos os vereadores desta casa, quero parabenizar e agradecer a todos os professores e professoras que atuam em cada escola deste país e que estão preparando as futuras gerações de médicos, advogados, engenheiros, enfim, as futuras gerações de profissionais que estarão comandando nosso país, dentro de poucos anos”, finalizou.

Texto: Ascom CMRB

Foto: Victor Augusto

Confaz autoriza estado de São Paulo a perdoar débitos, dispensar ou reduzir multas


O Convênio ICMS 117/2015, publicado em 09/10/2015, autorizou o Estado de São Paulo a instituir novo programa de parcelamento de débitos fiscais de ICM e ICMS.

De acordo com o Convênio, os débitos relacionados a fatos geradores ocorridos até 31/12/2014 podem ser quitados, em parcela única, com desconto de até 75% das multas e 60% dos juros, ou em até 120 parcelas, com descontos de até 50% das multas e 40% dos juros.

“Este tipo de benefício tem se tornado uma rotina do Fisco Paulista e diante da crise instalada era previsível a retomada desta estratégia, que além de desafogar o contribuinte, aumenta a arrecadação do Estado”, comenta Roxeli Martins André*, especialista na área tributária do Benício Advogados.

Este Convênio trouxe ainda uma novidade, pois além de autorizar a redução de multas e juros, concedeu ao Estado de São Paulo a possibilidade de perdoar débitos.

De acordo com o texto legal, poderão ser perdoados débitos fiscais: (i) inscritos em dívida ativa até 31/12/2009, cuja execução fiscal esteja sem tramitação ou suspensa;  (ii) inscritos em dívida ativa, ajuizados, constituídos ou declarados, relativos a fatos geradores ocorridos até 31/12/2010, cujo valor originário seja inferior a 200 UFESPs e; (iii) inscritos ou não em dívida ativa, inclusive ajuizados, constituídos ou declarados, relativos a fatos geradores ocorridos até 31/12/2014, cujo valor originário seja inferior a 50 UFESPs.

Embora parte das possibilidades de remissão autorizadas expressem pequeno valor é certo que no caso dos débitos inscritos até 31/12/2009 com execução suspensa, há efetivo benefício para para a máquina estatal que se desincumbe de promover uma execução com baixa probabilidade de êxito.

“Estes benefícios ainda não foram regulamentados pelo Estado de São Paulo, mas segundo o Convênio, a opção pelo parcelamento deverá ocorrer até 31 de dezembro de 2015, portanto, aguardamos para os próximos dias publicação da legislação pertinente onde serão apresentadas todas as exigências”, finaliza a especialista.

Roxeli Martins André, advogada tributária do Benício Advogados. Formada em Direito pela PUC/SP; especializada em Direito Tributário pelo IBET/SP; cursando MBA – Gestão Tributária pela FIPECAFI

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Vereador propõe zona livre para imprensa


O vereador Manuel Marcos (PRB) esteve reunido neste sábado com o presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Acre (Sinjac) para discutir a respeito da proposta de lei que isenta veículos de jornalistas em serviço de pagarem zona azul.

Durante a manhã deste sábado (24). O presidente do PRB  e vereador de Rio Branco, Manuel Marcos, esteve reunido com o presidente do sindicato dos jornalistas para saber de alguns gargalos que a categoria enfrenta e como pode ajudar com seu mandato. Uma das medidas mais simples a ser proposta pelo parlamentar será a liberação de veículos dos comunicadores nas zonas azuis.

“Ouvimos de alguns profissionais que além de estarem a serviço ao levar a informação para nossa cidade, ainda são obrigados a tirar do bolso o valor cobrado na zona e não são restituídos. Pensando nisso, vamos propor juntamente com o prefeito essa liberação aos profissionais em serviço”  disse Manuel.

Para o presidente do sindicato, essa proposta beneficia os colegas e os motoristas dos veículos das emissoras.

“Certamente que essa proposta é bem vinda, pois muitas vezes os colegas tiram dinheiro do bolso e não são ressarcidos, assim como os motoristas que além de conduzirem o carro também atuam como cinegrafistas ou auxiliar de iluminação. É bom vê esse tipo de credibilidade e cuidado que alguns parlamentares vem tendo” afirmou Victor Augusto de Farias.

Durante a conversa, o projeto ira beneficiar os jornalistas em serviço e estará orientando que as empresas devem está devidamente identificada com seus veículos. Caso não haja essa contrapartida dos veículos de comunicação, as multas serão enviadas para os mesmo.

o parlamentar irá debater com a prefeitura está adequação e em seguida irá apresentar na Câmara de Rio Branco.

Tem, mas tá faltando!

Certa vez, eu estava andando pelas lojas de Rio Branco atrás de algumas coisas para minha pessoa e outras para presentear. A cada loja que eu entrava e algo me interessava, questionava se tinha em outra cor ou tamanho, a resposta era a mesma: tem, mas tá faltando!
Esta passou a ser uma cena constante no comércio rio-branquense. A mesma coisa acontece quando utilizamos o serviço GOL (Grande Ônibus Lotado), sendo que a passagem custa R$ 2,40 e quando entregamos um valor maior, o cobrador simplesmente olha pra gente e diz: pode passar, os dez centavos tem, mas tá faltando!
As mulheres, meu Deus, como elas sofrem na questão de marcar um simples exame preventivo no profissional de maior sorte do mundo, que após alcançar longa idade na profissão, só no olhar já pode dizer o diagnóstico. Mas antes que isso se conclua, para marcar a consulta é uma novela. Liga-se no consultório e a resposta é a mesmíssi-ma: vaga? Tem, mas tá faltando. Só daqui a seis meses.
Em seis meses eu poderia muito bem descobrir quem matou Salomão Hayala, Odete Roitman e mesmo quem matou o mar morto. E os namoros de longa data, onde o homem quando conhece sua amada, sabe de seus hábitos e vestimentas, como os desejáveis vestidos. Não existe nada mais sexy quando tentamos imaginar que aquele pano envolvendo a dama mais suculenta cai ou que venha um danado do saci e levante-o.
Esses são alguns homens cheios de viadagem, pois quando vão às festas, bailes, encontros ou aniversários das tias mais caquéticas, ele vira pra moça e pergunta se ela vai com o micro vestido. A bela responde que sim e que tem pano o suficiente para deixá-la mais desejável pra ele. E o égua simplesmente responde: Ai tem pano, mas tá faltando alguns dedos a mais!
Pai perdoe-vos, eles não sabem o que dizem!
Como jornalista, estamos aptos a fazer a pauta mais mirabolante de nossas vidas, como a mais cretina de empresas, governos, governantes, sindicatos e outras espécies que se sentem no direito de serem mais do que as pessoas que tem a caneta mais forte que a espada. Em recente manifestação um senhor me aborda dizendo que o que o presidente da categoria falar nem metade vai sair, e ainda se diz jornalista.
Pessoas que se formam na profissão e nunca exerceram certamente nunca conheceram o duro que é ex-trair leite de pedra de uma pauta na qual manifestantes pedem aumento para ele trabalhar melhor. Agora a pergunta: Quem criticará os jornalistas que trabalham de segunda a segunda, faça sol, chuva, garoa ou seja obrigado a sorrir pra alguém que insistentemente quer nos convencer de que aquilo é importante para humanidade?
Querida humanidade ou acreanos: jornalista também é gente. Paciência tem, mas já tá faltando.

sábado, 24 de outubro de 2015

Republicanas realizam movimento em apoio ao mês Outubro Rosa

Na manhã desta última sexta-feira, 23, as republicanas do PRB Mulher Acre estiveram no centro da cidade de Rio Branco, realizando uma ação 10! em apoio ao mês outubro Rosa, a campanha teve como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.
 
“Nós do PRB Mulher Acre apoiamos essa causa, levar as mulheres acreanas quanto à conscientização da prevenção ao câncer de mama, é de extrema importância, principalmente que as mulheres façam seus exames rotineiros, nosso objetivo hoje nesse movimento é justamente levantar essa bandeira”. Regilene Mesquita – coordenadora regional PRB Mulher Acre.

 O movimento que foi organizado pela Coordenadora Regional do PRB Mulher Acre, Regilene Mesquita e pela Coordenadora Municipal do PRB Mulher de Rio Branco deputada estadual Doutora Juliana contou com o apoio do Presidente Regional do PRB Acre, vereador Manuel Marcos, como também das republicanas.
 
“Hoje estamos realizando essa bela campanha do Outubro Rosa em prol de conscientizar as mulheres da prevenção contra o câncer de mama, um câncer que tem causado muitas mutilações e morte as mulheres, a partir de agora nos queremos que seja não somente um mês Rosa, mas, seja o ano todo de conscientização a prevenção” Disse a Deputada Doutora Juliana (PRB/AC).

Encontro com Contadores discute novas obrigações de Escrituração Contábil Fiscal - IRPJ em palestra na FIEAC


A Federação das Indústrias do Acre (FIEAC), em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e o Conselho Regional de Contabilidade do Acre (CRCAC), promoveu na tarde da última quinta-feira, dia 22, no auditório da FIEAC, um encontro com os contadores da região. No encontro, foi ministrado uma palestra sobre o funcionamento da "ECF - Escrituração Contábil Fiscal - IRPJ".
 
O objetivo do encontro foi apresentar os principais conteúdos dessa obrigação atualizada e os pontos de atenção para os contadores de indústrias "A intenção da palestra foi abordar quais as obrigações e as necessidades de ligação entre a indústria e o seu contador. Porque hoje, com todo o sistema informático, com o SPED - Sistema Público de Estruturação Digital, o fisco aprendeu que é muito mais fácil fiscalizar as empresas de longe, e com isso, vem a criação de obrigações", comentou o palestrante e especialista em controladoria, Niveson da Costa Garcia.
 
Ainda de acordo com Niveson, é imprescindível que uma empresa esteja atenta com as obrigações a serem cumpridas. Para ele, o contato com o profissional de contabilidade é fator importante para cumprir essas obrigações. "Hoje, uma indústria que não esteja próxima do seu contador e um contador que não esteja próximo do seu cliente tende a fazer um trabalho que poderá colocar essa empresa em dificuldade no futuro, pela inconsistência de informações. Então, cada vez mais essa integração entre empresa e contador é fundamental", comentou o especialista.
 
A contadora, Ilsana Maia Lima, participou do encontro e ficou gratificada com o conteúdo apresentado. "Eu gostei muito da palestra. É sempre bom estar por dentro do que acontece no meio contábil e as informações apresentadas tirou todas as minhas dúvidas. Valeu muito a pena participar", finalizou.
 
Sobre a ECF - A Escrituração Contábil Fiscal - IRPJ - Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica, substituirá a antiga DIPJ - Declaração de Informações Econômico-fiscais da pessoa Jurídica. São obrigadas ao preenchimento da ECF todas as pessoas jurídicas, inclusive imunes e isentas, sejam elas tributadas pelo lucro real, lucro arbitrado ou lucro presumido, exceto: pessoas jurídicas optantes pelo Simples Nacional; órgãos públicos, às autarquias e às fundações públicas; pessoas jurídicas inativas de que trata a IN/RFB nº 1.306/2012; e pessoas jurídicas imunes e isentas que, em relação aos fatos ocorridos no ano-calendário, não tenham sido obrigadas à apresentação da Escrituração Fiscal Digital da Contribuição para o PIS/Pasep, da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) e da Contribuição Previdenciária sobre a Receita (EFD-Contribuições), nos termos da IN/RFB nº 1.252/2012.
 
Com informações da Receita Federal
 

Vestida para matar - artigo

Estava sentado em minha mesa de trabalho, realizando minhas tarefas habituais neste matutino, quando sou raptado para uma conversa entre as cats LM, MM e PM sobre o que vestir para sair. Assunto formidável e inspirador para um artigo, então vamos lá.
 
O que fazer enquanto a sua fofolete, sua costela, sua fêmea, mulher, amante, namorada ou lance é um lance se arrumam para sair?
 
Aí está uma das grandes questões da humanidade. Sorte tinha o velho Adão, que pegou o mundo ainda sem muitas opções de vestimentas (oh vontade),ainda livre da praga da indústria fashion.
 
Mesmo assim, Eva demorava horrores para escolher a parreira mais fresca, a mais enfeitada, aquela com detalhes e nervuras que lembram a costura La-croix, o babado Valentino, os usos & costumes Galliano… Que nem Hugo Gloss criticaria.
 
O que fazer enquanto ela põe roupa e tira roupa, mulher alterada, doida demais, peça por peça do armário? E eu contando quantas lajotas tinha a cada metro quadrado da sala dela. 
 
Com que roupa eu vou, pro restaurante, pro churrasco, pro for all, pro rock, pra house ou pro tecno que você me convidou? E nem sou chegado em tuts-tuts-tuts…
 
Põe e tira, vai ao espelho, pede a sua opinião… Liga para pedir a opinião do amigo gay afinal de contas você, velho macho alfa do bairro da Estação Experimental, não entende nada dessas modas & modinhas, volta ao espelho, muda só a parte de baixo, agora muda só a parte de cima, troca o brinco, o colar novo, “ah, esse não combina”… Me mande decifrar uma equação que eu tiro de letra.
 
Não adianta você dizer que está ótimo, dizer que nunca viu mulher tão linda, dizer que nunca a viu tão deusa, dizer que é a mulher da sua vida, a que se veste melhor, a que está horrivelmente saborosa, a de gosto estupendo, a mais francesa das francesas, a bonequinha de luxo posando na frente da Maria Mariá, da Audrey das Audreys, Catharenin Deneveuve, Anne Hathaway…
 
De nada adianta. Ficamos falando sozinhos nesse momento ímpar do mulherio.
 
O que fazer? Então, eu resolvo apelar para as propagandas, pode ser? Pode! E corro o risco de levar um: “Você não tem opinião para me ajudar?”
 
Relax, meu jovemzitorito, relax,  caro carcará, tranqüilidade, cabrón. Como não tem remédio e nem nunca terá, o jeito é retomar tempo perdido a nosso favor. Já sai mulheres que demoravam o tempo de um jogo de futebol com prorrogação e morte súbita para escolher a “roupa certa”, enquanto eu esperava só uns minutinhos.  Vi decisões de campeonato graças às dúvidas fashion da costela amada, e nem chegado em futebol (exceto o coringão que é lideroso). Gracias.
 
Escritores, como Mário Lago, Nelson Rodrigues e Arnaldo Jabor, deixam grandes obras graças às demoras das “pa-troas”. O ator Sean Conory agradeceu publicamente à sua mulher por deixar-lhe livre para criar ótimos personagens nestes intervalos. Os exemplos são muitos. Eu adoro as que tem filhos, pois volto à infância e monto castelos e castelos de legos, isso quando não treino tiro ao alvo no quintal da casa dela, onde passam os gatos da velha vizinha viúva.
 
E quando ela, além da dúvida da roupa, diz que está gorda?  Aí já é bronca demais para um único artigo. Fui e prefiro não comentar, fica para a próxima.
 
Victor Augusto (@bombomzao)

Prêmio de Jornalismo: Inscrições podem ser feitas com bonificação até o dia 7 de novembro

Encerra no próximo dia 30 de outubro a penúltima bonificação para quem se inscrever previamente para o 6º Prêmio de Jornalismo do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC). Apresentada como uma novidade na edição de 2015, as bonificações têm o objetivo de valorizar os trabalhos produzidos com antecedência.
 
Com inscrições abertas desde o dia 18 maio, o Prêmio de Jornalismo premiará os melhores trabalhos de jornalistas sobre temas relevantes da atuação do MPAC no ano de 2015. Os trabalhos podem ser inscritos em seis categorias: Jornalismo Impresso, Telejornalismo, Radiojornalismo, Webjornalismo, Fotojornalismo e Destaque Acadêmico. Esta última, exclusiva para estudantes dos cursos de Comunicação Social.
 
O objetivo do Prêmio de Jornalismo do MPAC é estimular, divulgar e prestigiar os trabalhos jornalísticos veiculados na imprensa sobre a atuação da instituição. O prêmio tem também a finalidade de contribuir para o melhor entendimento, pela sociedade e pelo poder público, sobre a importância das atividades e da função social do Ministério Público.
 
O Prêmio de Jornalismo do Ministério Público do Estado do Acre surgiu em 2010 e, em seis edições, já foram distribuídos mais de 100 mil reais em prêmios a mais de 50 profissionais da imprensa.
 
O regulamento com a tabela de bonificações, documentação necessária para inscrição e demais informações estão no hotsite do prêmio no endereço http://premiodejornalismo.mpac.mp.br/.

Acre é o 1º Estado da Região Norte a sediar o Encontro Nacional do Jovem Advogado


O Acre será o 1º Estado da Região Norte a sediar o Encontro Nacional do Jovem Advogado, a XV edição que acontece em 2016. O evento, que será organizado pela Seccional acreana da OAB, receberá participantes de todas as partes do país, sendo destaque nacional.

Para o presidente da OAB/AC, Marcos Vinícius Jardim Rodrigues, será uma grande responsabilidade realizar um encontro que pode ser comparado a uma Copa do Mundo para a jovem advocacia.
 
 
“O Acre receberá estudantes e advogados de vários Estados em busca da troca dos conhecimentos, colocando nossa terra em evidência de forma positiva, oferecendo oficinas e palestras”, explicou Marcos Vinícius.
 
São esperadas mais de 1,5 mil pessoas durante o evento.
 
“Mais uma vez a advocacia acreana faz história ao sediar um evento para o jovem advogado que serve para o aprimoramento de todos os profissionais, porque aborda temas que contribuem para uma maior especialização. É uma honra participar desse momento que vivemos”, afirmou o presidente da Seccional acreana.
 
 O presidente da Comissão do Jovem Advogado (CJA) do Acre, André Ferreira Marques, disse que a atividade trará novos conhecimentos e temas nacionais para o Estado, contribuindo para o nivelamento dos debates.
 
“Esse evento oferece para o jovem advogado uma atualização acerca das mudanças e alterações nos principais assuntos ligados à advocacia nacional, além de possibilitar uma troca de experiências com jovens advogados de todo o País”, destacou André.
 
O XIV Encontro Nacional dos Jovens Advogados teve a participação de cerca de mil pessoas, entre estudantes de Direito, advogados e operadores do direito. O evento anual contou com a presença de palestrantes renomados no cenário jurídico nacional que apresentaram atualizações dos principais temas em destaque na advocacia.

Prefeitura convida população a participar dos debates de revisão do Plano Diretor de Rio Branco

A Prefeitura de Rio Branco, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Gestão Urbana (SMDGU) abre no próximo dia 7 de novembro a série de debates públicos nas regionais para revisão do Plano Diretor de Rio Branco, começando pelas regionais Calafate e Floresta, na Escola Francisco Bacurau, a partir das 8h. Os debates seguem na regional Estação Experimental e Cadeia Velha (SEAPROF, dia 14.11) e Baixada da Sobral e Seis de Agosto (Secretaria de Estado da Educação, na ladeira do Bola Preta, dia 21.11). Na sequência virão as regionais Belo Jardim, dia 28.11 no auditório do SEST/SENAT; Tancredo Neves e São Francisco (Escola Ismael Gomes, no Tancredo Neves, dia 5 de dezembro.

O coordenador do Plano Diretor no âmbito da SMDGU, Márcio Oliveira, está convidando todas os moradores daquela regional –e de toda a cidade de Rio Branco – para participar do evento. “O Plano Diretor é um grande instrumento de planejamento da cidade. Por isso, é importante que as pessoas estejam nas reuniões, debatendo e construindo esse instrumento”, disse Oliveira. 

Já dia 26 de outubro, a SMDGU inicia a Jornada Técnica de Reuniões Temáticas com segmentos da sociedade civil. Os debates serão realizados por eixo temático envolvendo organizações do comércio, indústria, Ministério Público e demais órgãos das esferas federal, estadual e municipal. A Jornada Técnica se encerra no dia 30 de outubro.

O Plano Diretor, segundo definição da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é o instrumento básico de um processo de planejamento municipal para a implantação da política de desenvolvimento urbano, norteando a ação dos agentes públicos e privados. Os debates, propõe a SMDGU, desde seu início tem como preâmbulo ´a cidade que queremos para os próximos 20 anos´. Assim os trabalhos devem evidenciar quatro eixos: desenvolvimento sustentável, infraestrutura, desenvolvimento social e moradia digna, todos com seus sub-eixos.

Desde 2005, dezenas de novos bairros e conjuntos foram incorporados à zona urbana, o que requer soluções no ordenamento territorial com base no desenvolvimento econômico e sustentável da cidade. Os debates sempre se dão em etapas de sensibilização e mobilização por um plano qualificado e que realmente atenda a população.

A necessidade de revisar o Plano Diretor se dá por inúmeros motivos, mas fundamentalmente porque a cidade é viva: em 2005, a cidade tinha 305 mil habitantes e hoje são 363 mil pessoas morando na capital do Acre. Naquela época eram 141 bairros e hoje são mais de 230, e a frota de veículos disparou, saindo de 55,8 mil veículos para 150 mil em 2015.

Rio Branco recebeu, na última década, importantes investimentos que contribuíram para uma significativa melhora da sua infraestrutura. Nesse contexto, o prefeito destaca dois deles, os quais provocaram mudanças estruturais no espaço urbano: a Cidade do Povo, o maior empreendimento habitacional já construído pelo Governo do Acre, que já recebeu cerca de 3.000 famílias removidas de áreas de risco de Rio Branco.

O site da prefeitura de Rio Branco disponibiliza espaço para receber novas informações e contribuições ao novo Plano Diretor de Rio Branco. Interessados em participar podem enviar email para o endereço planodiretorrb.riobranco@ac.gov.br ou no próprio site pelo endereço www.riobranco.ac.gov.br. “Nossa meta é concluir todos os debates, as Jornadas Técnicas, até novembro. Em dezembro, realizaremos as audiências públicas e formularemos a lei para enviar à Câmara de Vereadores”, concluiu Márcio Oliveira. 



 

PSDB apresenta pré-candidatos para eleições 2016 com a presença de Socorro Neri

 
Cerca de 20 pessoas, entre homens e mulheres, compareceram à sede do PSDB no Acre para participar do primeiro encontro de pré-candidatos ao cargo de vereador nas eleições 2016, realizado pela Executiva Municipal de Rio Branco.
 
O encontro contou com a presença da professora Socorro Neri, pré-candidata à Prefeitura da Capital, que compartilhou com os presentes suas expectativas para o pleito do próximo ano. “É esta energia positiva, esta garra que vejo nos olhos de vocês que levaremos futuramente aos eleitores. Apresentaremos ao eleitorado nossas propostas e projeto, no momento oportuno, mas com a convicção que estaremos apresentando a melhor opção que nossa cidade merece”, destacou Socorro.
 
O vereador tucano Clézio Moreira apresentou aos pré-candidatos suas atividades em 2012, quando concorreu à Câmara de Rio Branco. “Não é uma tarefa fácil, mas acredito que novamente o PSDB possa eleger três vereadores e com esta equipe nós temos condições reais de conseguir”.
 
O PSDB está realizando encontros em todo o Estado com vistas à preparação dos seus quadros para a eleição do próximo ano. “Nosso foco é engajar e mobilizar lideranças em todo o Acre, para apresentarmos em 2016 alternativas políticas fortes e comprometidas com a ética, competência e probidade”, ressaltou o professor Paulo Klein, presidente da Executiva Municipal.
 
Assessoria

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Os seus botões - artigo

Durante o despertar de uma manhã, você acorda e está diante de um dos maiores espetáculos da terra: a mulher amada no seu ritual de arrumação, o banho, o creme na perna, os cabides no formato das interrogações e dúvidas – que roupa usar?

Em ocasiões, finjo até que estou dormindo, só para flagrar a beleza sem interferir no show. Dessa forma, ela se apresenta mais naturalmente e oferece melhores ângulos. Cena a cena, os detalhes de meu filme preferido, antes de pedir o café pra nós dois.

Uma mulher se vestindo é infinitamente mais elegante do que uma mulher tirando a roupa. Por mais fina que seja, há sempre um descuido ao despir-se, além da pressa inimiga, claro, nos momentos perdidos na selva.
 
Seja um Alex Thomas, um garimpo de brechó ou um vestido do magazine mais próximo, não importa, o que vale é o ritual, a combinação de cores, os detalhes, o quadro a quadro que constrói o figurino. Lento, porém lindamente um strip-tease ao contrário.
 
E o momento da maquiagem? Chego até a passar mal ao espiar ao largo. E nada de acreditar nesse papinho de que “você já é bonita do jeitinho que Deus te fez!” Da Costa, saravá meu pai!, foi uma beleza de homem, mas pinte esse rosto que eu gosto e que é só seu. Com todos aqueles lápis que lhe fazem uma criança brincar de colorir o desejo.

Agora ela anda pelo quarto, à procura do acessório perdido… Seus passos fazem música com os tacos, como é bom ouvir, excitado, aquele ritmo ainda embaixo dos lençóis.

Quando o destino é uma festa, o ritual não é menos nobre, mas ainda prefiro o preguiçoso espetáculo das manhãs – final das manhãs, digamos, porque madrugar ninguém merece.

E sempre rio baixinho do momento da dúvida na escolha do vestuário, quando você suspira, quando você solta o mesmo resmungo de todas as mulheres do mundo: “Não tenho o que vestir!”. Pode ser uma dondoca de “classe” ou uma jovem colegial, que ainda trabalha em lanchonete.
 
O importante é que você se veste e aquele filme, passa como sonho o resto do dia na minha cabeça.
Aqui me despeço e deixo vocês com aquela canção lindamente brega do Roberto e do Erasmo:
 
“Homem que tem sentimento/ briga por tudo que quer/ ama independente da moda/ macho mas não se incomoda/ de ser um doce com a sua mulher”

Rocha vota favorável à PEC que aprova pós-graduação paga em universidades públicas

Por 318 votos a 129, o Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, 21, em primeiro turno, o texto-base da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 395/14, que prevê  ao ensino público superior de graduação e de pós-graduação acadêmica a continuidade da gratuidade, mas as instituições poderão cobrar pelos cursos de extensão, de pós-graduação lato sensu e de mestrado profissional.
 
A exceção será para os programas de residência (em saúde) e de formação de profissionais na área de ensino, que continuarão gratuitos.
 
O deputado federal Major Rocha (PSDB – AC) votou favorável à PEC e destacou sua importância para o ensino superior: “É válido lembrar que a PEC faculta e não obriga a cobrança. Além disso, as universidades públicas estão sucateadas, e a cobrança estará ajudando a mantê-las. Vivemos um grave problema de orçamento”.
 
O texto ainda precisará passar por uma votação em segundo turno antes de ir ao Senado.
 
Assessoria
Agentes da Policia Federal, atuando em conjunto com tropas do Exército Brasileiro, apreenderam 10 kg de pasta base na região da Alfândega, em Assis Brasil, entre o Brasil e Peru.
 
O veículo, um Corolla Prata, foi parado para revista, estando dentro do veículo somente o motorista e um passageiro de naturalidade peruana. Durante a revista foi encontrado um colchão muito bem lacrado e de peso suspeito, sendo levado para a sala de Raios-X da Polícia Federal.
 
Neste local, agentes da PF abriram o colchão a fim de realizar o teste com reagente químico e foi confirmado que era pasta base de cocaína.
 
Após a confirmação, foi realizada a apreensão do material. Militares do 2º Pelotão Especial de Fronteira e policiais federais conduziram os suspeitos detidos para a Delegacia da Polícia Federal de Epitaciolândia.
 
Além da pasta base, também foram apreendidos 02 telefones celulares, 1390,00 reais e o veículo para a Delegacia da Polícia Federal de Epitaciolândia, onde foi feito pela delegada o Auto de Apresentação e Apreensão.
 
A apreensão ocorreu durante uma ação inserida na Operação Ágata X, que tem por finalidade adotar medidas preventivas e repressivas, a fim de combater os ilícitos praticados pelo crime organizado e outro autores, por meio de emprego conjunto das Forças Armadas em coordenação com outros órgãos.

O comunicador das multidões

Nunca se viu tamanha irreverência como a do jornalista Ayres Rocha, que de uns tempos para cá, além de nos comunicar as noticias que ocorrem em nosso Acre, também adotou o seu lado humorístico de ser, algo que já é conhecido com quem trabalha ou trabalhou com ele. a mais recente foi a proposta de fazer malabarismo nos sinais da capital. 
 
 
 
Ayres: QUEM TEM UM,NÃO TEM NENHUM !

Então vamos aos "bicos" ! Até que dá pra livrar o do pão e leite kkkkkkkkkkkkkkkk

OAB/AC e Rotary firmam parceria

 
Na noite desta quarta (21) a Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Acre, por meio da Comissão de Direitos Humanos, firmou parceria com o Rotary Club na campanha de arrecadação de colchões para o abrigo de refugiados. Às doações podem ser feitas na sede da OAB ou na Casa da Amizade até o dia 10/12. Mais informações pelo 9224-6933.

FIEAC realiza Encontro com Contadores na próxima quinta-feira


Palestra "ECF - Escrituração Contábil Fiscal - IRPJ" será ministrada no evento

A Federação das Indústrias do Acre (FIEAC), em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e o Conselho Regional de Contabilidade do Acre (CRCAC), promove na próxima quinta-feira, dia 22, no auditória da FIEAC, das 17h às 19h, um encontro com os contadores da região. O objetivo do encontro é tratar sobre o funcionamento da "ECF - Escrituração Contábil Fiscal - IRPJ", em palestra ministrada  pelo especialista em controladoria, Niveson da Costa Garcia.

 A ECF - Escrituração Contábil Fiscal do IRPJ - Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica, substituirá a antiga DIPJ - Declaração de Informações Econômico-fiscais da pessoa Jurídica. Dessa forma, o objetivo do encontro é apresentar os principais conteúdos dessa obrigação e os pontos de atenção para os contadores de indústrias.

A FIEAC fica localizada na Avenida Ceará, nº 3727. Para participar é necessária a doação de 1 Kg de alimento não perecível. Mais informações pelo telefone (68) 3212-4282 / Núbia.

Mini currículo do palestrante: Niveson da Costa Garcia é contador, formado pela Universidade Cruzeiro do Sul - SP; especialista em Controladoria pela Fundação Alvares Penteado - FECAP; sócio da Delta Brasil Contadores; membro do Grupo de Trabalho de Revisão e Atualização do Código de Ética no Conselho Federal de Contabilidade ; conselheiro no Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo; onde foi vice-coordenador da 1ª Câmara de Ética e Disciplina do CRCSP e participante em diversas comissões, e ministrou palestras em diversos eventos para profissionais e acadêmicos.

Um sorriso como o seu

É um segundo da mais absoluta beleza. Dei sorte e flagrei novamente um desses momentos.
 
Geralmente, eles acontecem na rua. Lá vinha a loira. Minhas retinas fatigadas fecham em close. Que maravilha. Aquele sorriso indecifrável. Porque não se trata de um sorriso besta de alguma felicidadezinha passageira, de um ganho financeiro, da sorte no amor. É mais enigmático.
 
Muito mais do que o sorriso da Monalisa, que reza a lenda, era o sorriso de uma grávida. Não é o sorriso dos paraísos artificiais dos remédios tarjas pretas ou de alguma pastilha psico-délica. Nada. Não é apenas o sorriso de quem recebeu uma notícia promissora, viu o regime fazer o efeito pretendido, uns quilos a menos, nova silhueta, que beleza! Nem chega perto.
 
Também não é o sorriso de quem ouviu uma cantada de amor com requintes de vida eterna.
 
Não é o riso de quem ouviu uma piada, um “gostosa”, “tesouro”, como dizia o Didi Mocó. É bem mais profundo. O poeta Manuel Bandeira, em correspondência com o cronista Rubem Braga, dizia que se tratava de momento raro, ra-ríssimo, era mercadoria que não tinha preço, êxtase, coisa mais linda… Mas não arriscou um diagnóstico. Nem entrou no mérito, observou, e pronto, basta.
 
Será que a moça que vem na calçada ri de alguma coisa que despencou-lhe, naquele exato instante?
 
Alguma coisa muito engraçada dos tempos em que ela era uma pequena, uma piveta, quem sabe uma queda de uma perna-manca ao subir em uma casa destelhada na frente da casa?
 
Às vezes parece um pouco com um certo sorriso de maldade. Uma pontinha de vingança, quem sabe. Mas que nada. Só parece. Nada disso. À medida, mesmo naquele rápido segundo, que os lábios voltam ao normal, desfazendo o sorriso, vê-se que não tem nada de maldoso naquele retrato.
 
Muito menos é tingido pelo gloss sabor uva da ironia ou o batom vermelho das vingativas. Não, não é nada irônico, nada ressentido.
 
Quanto mistério num sorriso de tão pouco tempo. Daria uns cinco anos de vida em troca do esclarecimento desse enigma de um segundo. Chego até a refletir, cofiando a barba rala: será que é consciente, será que elas sabem que o misterioso sorriso toma conta do rosto naquela hora?
 
Não, também não é só sexo. Por mais que o gozo, a pequena morte, como dizem os franceses, faça bem à pele e seja motivo do carnaval particular no peito, não é esse ainda o motivo isolado daquele sorriso, um sorriso mais invocado do que o sorriso do gato de Alice.
 
Gastaríamos telas e mais telas, em especulações ainda sem rumo. Coisa de agoniar o juízo. Melhor mesmo apreciar, estoicamente, esse lindo mistério das crias das nossas costelas.
 
Victor Augusto (@bombomzao)