Vereador questiona regularidade do transporte publico

No pequeno expediente desta quinta (04) o vereador Roberto Duarte (PMDB) utilizou a tribuna para relatar que a população cobra um posicionamento da CPI do Transporte e questionar a fiscalização dos veículos da capital.

“Saiu na imprensa um acidente ocorrido em frente a uma faculdade e tive a curiosidade de acessar as informações do veiculo e pasme, o ônibus envolvido no acidente possui uma divida de quase R$9 mil. Quem de nós consegue andar devendo este valor sem ser multado ou termos os veículos apreendidos? E a população cobra uma resposta da Comissão. Assumo o mea culpa, pois não temos uma resposta concreta a passar. Cadê a fiscalização nas empresas que prestam serviço de transporte publica? Não existe”, disse Roberto.

O vereador ainda destacou que em caso de acidentes mais graves, a vitima ou familiares dela não terão acesso ao direito ao seguro obrigatório.


“Se ocorre algo grave com uma pessoa na rua ou no veiculo, a vitima e seus familiares não terão como acessar o seguro obrigatório, o DPVAT. Não sou eu quem está dizendo isso, são os fatos que comprovam o que estou dizendo. Enquanto isso, a prefeitura continua a abrir espaço para empresas devedoras e com um serviço péssimo”, afirmou Duarte.

Comentários