Jornalista é ameaçado por foragido em GO

O repórter goiano Yago Sales é alvo de ameaças após publicação de reportagem no semanário Tribuna do Planalto, no último dia 28. Em texto assinado com Daniela Martins, Sales revelou que Daniel Batista de Moraes, dito pastor, explorava e agredia internos da clínica para viciados em drogas que mantinha em Aparecida de Goiânia. Condenado por homicídio e por tentativa de assassinato em 2012, Moraes é foragido da Justiça.

Nesta quarta-feira (1º.mar.2017), Moraes enviou ameaças por áudio a um ex-diretor da clínica, direcionadas também ao repórter. "Vocês deveriam ter pensado antes de ter mexido no meu passado. Agora vocês trouxeram o meu passado para o seu quintal", diz o suposto pastor em um dos trechos.

Na última quinta-feira, Sales registrou boletim de ocorrência na Delegacia Regional de Aparecida de Goiânia por ameaça. "O medo paira por aqui", relata.

A Abraji acompanha com apreensão a situação do repórter. A Secretaria de Segurança Pública de Goiás tem o dever de garantir a segurança de Yago Sales. É inadmissível que um jornalista tema pela própria vida simplesmente por exercer sua profissão.

Diretoria da Abraji, 3 de fevereiro de 2017

Comentários